Blog

cf5cb4_d430323b382547d5b7cf34ca3505cb48_mv2_d_4032_3024_s_4_3
Um Ippon na Desigualdade Social

400 crianças praticam judô gratuitamente com o novo Projeto Ippon Social, patrocinado pela Cenibra, em Nova Era, Córrego Novo, Bugre e Santa Bárbara

“Arigato-gozaimashita” – (Muito obrigado), “Ippon” – (Golpe perfeito), “Ukemi” – (Queda amortecida) são algumas novas palavras dos vocabulários das crianças de Nova Era, Córrego Novo, Bugre e Santa Bárbara. 400 crianças e adolescentes, dessas cidades do interior de Minas Gerais, estão recebendo aulas gratuitas de judô do Projeto Ippon Social Ano, desde o início de fevereiro deste ano.

A iniciativa é patrocinada pela Cenibra, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, Secretaria Especial de Esporte do Ministério da Cidadania e apoio do Instituto Cenibra e Prefeituras Municipais. O projeto é realizado pelo Organização da Sociedade Civil (OSC) Ajudôu.org. As aulas, quimonos e camisas do projeto são 100% gratuitas para todos os alunos beneficiados.

Para a Cenibra, patrocinadora do projeto, o Esporte é instrumento de transformação social que contribui na formação de personalidade dos cidadãos, por isso a empresa tem uma das maiores presenças socias na região do Vale do Aço, Vale do Rio Doce e Região Metropolitana de BH. “Proporcionar acesso ao esporte para crianças e adolescentes é investir no desenvolvimento humano de forma assertiva. Para o Instituto Cenibra, parcerias como essa consolidam a excelência do Nosso Olhar Social; um olhar que integra e aproxima pessoas por um mundo melhor” avalia Leida Hermsdorff Horst Gomes, Coordenadora de Comunicação Corporativa e Relações Institucionais, também responsável pelo Instituto Cenibra.

A mudança na comunidade e na vida dos beneficiados

Mesmo com pouco tempo de atividades, já é perceptível a transformação do projeto na vida da comunidade local. O motorista Geraldo Dias, do Bugre, sempre foi um entusiasta das artes marciais, mas nunca teve condição de praticar. Quando o Projeto Ajudôu divulgou o Ippon Social na cidade, ele não perdeu tempo e colocou seus dois filhos, Thammara Dias, 15 anos, e Ezequiel Dias, 7 anos. “O judô é um jeito de melhorar a disciplina deles. Eles sempre quiseram fazer uma arte marcial, mas aqui no Bugre não tinha opção. Com o projeto aqui na cidade, eu não pensei duas em vezes em colocar eles”, conta o pai.

É o caso de Edivânia dos Reis, dona de casa em Córrego Novo, e mãe da pequena Maria Rita dos Reis de 8 anos. “É a primeira vez que ela praticando um esporte com orientação na vida. Ela chega em casa e comenta das aulas, fico encantada. Como moro na zona rural, a gente nunca teria acesso ao judô se não fosse o projeto”, comenta a orgulhosa mamãe.

Benefício Escolar do Judô

As aulas do Ippon Social II são oferecidas como complemento escolar, contribuindo para a formação não só de atletas, mas também de cidadãos. Para se ter uma ideia, o judô é um dos esportes mais completos que existem de acordo com a Unesco, pois contribui com o desenvolvimento físico e mental dos jovens. A comunidade escolar dos municípios vê na iniciativa uma ótima oportunidade para seus alunos. Lúcia Melo, Diretora da Escola Municipal Adélia Hosken Ayres em Santa Bárbara, acredita que o judô é um grande aliado na educação das crianças. “O projeto integra o aluno ao esporte ajudando no autocontrole. No judô, eles aprendem e fortalecem valores sociais como ética e disciplina”, completa.

Uma festa do judô nas cidades.

Nos dias 3 e 4 de abril foram realizados os eventos das entregas de 400 quimonos e camisas nas cidades beneficiadas. As crianças foram reunidas para fazerem apresentações das aulas para as autoridades locais, colaboradores da Cenibra, comunidade escolar e familiares.

Sobre o Ajudôu.Org

O Ajudôu é uma Organização não Governamental, reconhecida pela utilidade pública nas esferas municipais, estadual e federal. Foi fundado em 1995, em Timóteo-MG, e já atendeu mais de 23.000 crianças e adolescentes com aulas de judô e outros esportes gratuitamente. Atualmente, o Ajudôu está presente em mais de 15 cidades mineiras.

Related Posts

Deixe um comentário