Blog

Os jovens têm aulas 2x na semana nas escolas municipais

Após o horário das aulas, muitas crianças voltam para casa e não têm outras atividades para fazer. Com os pais no trabalho e sem um responsável para cuidar, muitas vão para as ruas brincar, mas isso pode ser um risco. As vias públicas podem expor os jovens ao mundo marginalizado e cheio de perigos para o convívio familiar.

Na última semana, a Associação Ajudôu deu início ao Projeto Ajudôu Timóteo, desenvolvido em parceria com a Prefeitura Municipal de Timóteo, que oferta aulas de Judô gratuitas para crianças e adolescentes, de 7 a 17 anos, matriculados na rede pública de ensino e em situação de vulnerabilidade social, durante o período de um ano.

“Realizar o Projeto Ajudôu em Timóteo nos deixa felizes duas vezes. Primeiro porque é uma oportunidade de fazermos o que gostamos e o que mais nos especializamos em fazer, que é acolher essas crianças e adolescentes levando esperança, alegria, fortalecendo a cidadania, através do esporte, neste caso, o Judô. E além disso, Timóteo é a “casa” da Ajudôu, foi onde tudo começou, assim, com a assinatura deste convênio com a PMT, fortalecemos ainda mais este vínculo com as origens da Associação, tornando esta parceria “especial”. Nesse novo ciclo, iremos atender 600 crianças e adolescentes”, afirma o diretor técnico do Ajudôu, Márcio Andrade.

O projeto visa o desenvolvimento como um todo, pois, além das aulas, são realizadas palestras socioeducativas com temas variados, como: higiene bucal, prevenção de acidentes domésticos, meio ambiente, entre outros. O uniforme é entregue a todos os alunos, para total participação.

“As atividades desenvolvidas trazem inúmeros impactos positivos para os beneficiados tais como o desenvolvimento de valores fundamentais como o respeito, a disciplina e a cooperação, além de diminuir a evasão escolar e melhorar o comportamento e o comprometimento dos alunos na escola. Gostamos de dizer que nossos projetos transformam vidas ao oferecer afeto, acolhimento e esperança a milhares de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social”, conta Juan Rachid, coordenador do Projeto Ajudôu Timóteo.

As aulas serão realizadas nas Escolas Municipais: Angelina Alves (bairro Bela Vista), Clarindo Carlos Miranda (bairro Macuco), Ana Moura (bairro Vale Verde), Novo Tempo (bairro Novo Tempo), João Bolinha (Distrito Cachoeira do Vale) e APAE (bairro Timirim).

Ainda há algumas vagas disponíveis, para realizar a matrícula, basta o (a) interessado (a) procurar as secretarias das escolas beneficiadas (supracitadas).

Protocolo Covid-19

Para realizar os atendimentos, sem colocar as crianças e professores em risco, foi desenvolvido o Protocolo para Retomada das Atividades Esportivas do Ajudôu no contexto da Covid-19. O manual do Ajudôu visa passar regras gerais de seguranças sanitárias contra a Covid-19. 

Abaixo estão alguns exemplos de diretrizes: 

  • Distanciamento mínimo exigido durante as aulas (1 aluno a cada 2 m²);
  • Todos os alunos devem começar e terminar as atividades no mesmo espaço de tempo e saírem de forma ordenada, sem contato e aglomeração; 
  • Término das aulas 10 minutos antes para não aglomerar com a turma da próxima aula; 

Deixe um comentário